Frida & Mina

Nós fazemos sorvetes artesanais e deliciosos elaborados apenas com ingredientes frescos e naturais, escolhidos com carinho. Produzimos tudo do zero, em pequenos lotes, na nossa cozinha, em Pinheiros, São Paulo.

Sobre Nós

Fernanda e Thomas se conheceram, se casaram, moraram um tempo em Paris, voltaram para São Paulo, e pensaram "e agora, o que mais inventar?"

Insatisfeitos com a vida profissional - ele é publicitário; ela é relações públicas - a resposta veio rápido: ter um negócio próprio. Mas não qualquer negócio. Tinha de ser algo que espelhasse a maneira como eles levam a vida: com simplicidade e respeito à essência das coisas.

A Fernanda sempre quis fazer do mundo um lugar mais feliz. O Thomas tinha uma vontade antiga de trabalhar com comida. Numa viagem aos Estados Unidos eles descobriram um movimento de resgate da maneira tradicional de se fazer sorvete, sem produtos industrializados e com compromisso com a qualidade dos ingredientes. Era isso!

Deu-se início a uma longa época de pesquisa, elaboração e testes. A cabeceira da cama foi tomada por livros com as receitas dos melhores sorveteiros do mundo. A bancada da cozinha, por máquinas de sorvete, termômetros, balanças. Planilhas de balanceamento (porque tem um lado de fazer sorvete que é pura ciência!) foram se espalhando pela mesa do escritório. Amigos e família, apoiadores incondicionais, testaram, opinaram e se lambuzaram.

E assim, sem pressa e com muita dedicação, nasceu a Frida & Mina: uma sorveteria verdadeiramente artesanal.


Por que Frida & Mina

Frida Mina Ingeborg Zander é avó alemã do Thomas, a Oma. Ela teve um filho em plena Segunda Guerra, se separou ainda jovem na década de 50, criou praticamente sozinha o único filho, e ficou longe dele durante os 38 anos de muro (ela do lado comunista, ele do lado ocidental). Ela é muito querida que merece todas as homenagens.